Viver

Arte xávega, a tradição que faz uma praia

4 ago 2021 16:11

Vieira de Leiria | De Abril a Outubro, sempre que o mar permite, temos três companhas dentro de água, onde os homens do mar lançam uma rede que une uma comunidade, navegando assim na corajosa tentativa de salvar um costume que nos fascina

Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Ricardo Graça
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Ricardo Graça
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Ricardo Graça
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Ricardo Graça
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira
Arte xávega na Praia da Vieira

Uns vão ao espaço fechados em milhões de dólares, outros vão ao mar, descalços num barco de madeira.

Os primeiros auto-prescrevem testosterona e esbanjam recursos evocando o futuro, os segundos, lançam-se noutro imenso azul de peito feito para defender uma tradição que lhes corre no sangue, por uma ideia de praia, por um sentido de vida, o seu, que não existe sem sal na pele.

Na Praia da Vieira são três as companhas de arte xávega que se aventuram na faina, se o mar permitir e a meteorologia deixar, todas as manhãs, de Abril a Outubro, com o raiar do dia, que segundo os entendidos é por volta das seis da manhã.

Há um primeiro barco meia-lua que se entrega à esperança de pescado, essa companha, nesse dia, fica com o melhor lugar na lota, que é como quem diz, o primeiro que os fregueses veem ao chegar, os outros dois barcos avançam com meia hora e uma banca de intervalo.

No dia seguinte rodam entre si num sentido de justiça comunitário e elementar que já não se usa no mundo dos negócios. A partir do segundo lance já passamos a um salve-se quem puder mais comum e os barcos entram dentro de água quando quiserem ou puderem.

É um comunismo de manhã e um liberalismo à tarde, digamos. Já chegaram a entrar no mar seis vezes ao dia, quando ele era generoso, hoje, se forem três vezes é porque as redes se enchem, o peixe se vende e o dia é amigo. 13:30 horas.

Foto: Ricardo Graça

Cinco homens arrumam-se por entre cordas e redes meticulosamente dispostas a abandonarem o barco num mergulho contínuo.

O tractor de Daniel Nunes, um dos sócios da empresa, é manobrado habilmente para levar as cores vivas do Viking até dentro de água.

Atravessada a pequena montanha-russa artesanal gerada pela ondulação que, para bem da manutenção do almoço no sítio, era mansa, a corda vai deslizando desenvencilhada pela ré para o Atlântico sob o olhar preventivo e as mãos sabidas de Paulo do Sul e Toino que

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
ASSINE JÁ