Opinião

De novo, o espaço público

21 mar 2019 00:00

Assegurar qualidade ao espaço público será pois um objectivo prioritário da política urbana.

O espaço público é um barómetro da cidade. Onde ele é vivo, cruza gerações, grupos sociais e proveniências culturais, a cidade partilha valores. Onde ele acolhe actividades diversificadas, a cidade cria oportunidades, quer facilitar a inclusão.

Assegurar qualidade ao espaço público será pois um objectivo prioritário da política urbana. Depende de uma multiplicidade de factores, e não apenas do seu desenho e da sua configuração estética. Não há um receituário que garanta a qualidade do espaço e seja penhor da sua utilização colectiva.

É necessário pensar cada caso e ter a atitude prudente de testar as soluções e corrigir aquelas que não se revelem adequadas. Sigo com particular atenção os trabalhos do colectivo madrileno “Paisaje Transversal”, formado em 2007 por cinco arquitectos urbanistas com distintas formações complementares em comunicação e em gestão.

Trata-se de uma equipa que se dedica a investigar e desenvolver projectos de transformação urbana. Uma visita ao seu blogue (www.paisajetransversal.org) justifica-se para quem queira saber mais sobre este laboratório de ideias e experiências.

Recentemente (trata-se de uma edição de 2018), a “Paisaje Tranversal” publicou através da Arquia – uma fundação que apoia projectos de índole cultural e social nos campos do urbanismo e da arquitectura – um livro que reflecte as suas intervenções na requalificação de espaços públicos em diversas cidades de Espanha.

Intitula-se “Escutar e Transformar a cidade: Urbanismo Colaborativo e Participação Cidadã”.

O grupo propõe neste ensaio uma fórmula para avaliar a qualidade do espaço público, operação prévia ao lançamento dos processos de desenho urbano baseados numa metodologia que associa os destinatários à elaboração do projecto.

Essa

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO