Opinião

Eco Lógica

29 mar 2019 00:00

A devastação é de territórios inteiros, localizados algures no globo, mas que partilham um processo comum que somos todos nós e um híper espaço.

Look out! / This is the picture. / This is the picture. / This is the picture. / This is the picture. / Looking out. / I'm watching now. / But when I see the future, I close my eyes. / I can see it now. / I see pictures of people rising up. / I see pictures of people falling down. / I see pictures of people, they're standing on their heads. / They're ready!...
Extracto de poema Excellent Birds, de e cantado por Laurie Anderson

Tufões, incêndios, cheias, rebentamentos de barragens, incêndios, maremotos, pontes que caem, catástrofes que se sucedem como se determinassem o tempo não pelos seus aconteceres, mas pela regularidade e ritmo a que acontecem.

É a regularidade e o ritmo a que acontecem estas catástrofes que determinam como nos ocupamos, a nossa agenda. A devastação é de territórios inteiros, localizados algures no globo, mas que partilham um processo comum que somos todos nós e um híper espaço.

Nós entenda-se pedras, bichos, plantas, artefactos, bactérias, asteroides e tudo o mais que a consciência e a inconsciência conhecem e o híper espaço, tudo o que nos liga e que não sendo o somatório das partes resulta do convívio de todas elas, sendo as alterações climáticas uma realidade pertencente a este híper espaço.

A questão é global, mas não há como não agir local. Este agir local implica que todos e tudo participe e tenha consciência desta pertença.

A floresta da Amazónia é um pulmão do Mundo, as areias do Sara fertilizam a Amazónia, os maiores rios de Portugal nascem em Espanha, uma baleia deu à costa filipina com 40 quilos de plástico no estomâgo, os p

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO