Opinião

Opinadores e liberais deste país: calem-se!

1 mai 2020 14:26

Aos “empresários de sucesso” que passadas duas semanas do confinamento já pediam apoios e diziam ter as empresas à beira da falência. Como é possível?

Num período de emergência mundial, com mais de dois milhões de infectados e dezenas de milhares de mortos, apenas as pessoas com conhecimento profundo sobre temas de saúde pública devem prestar declarações com o intuito de informar os cidadãos.

O mesmo em relação às questões económicas.

A economia mundial terá o pior desempenho dos últimos 100 anos.

Os países desenvolvidos terão, em média, perdas 8,5% do PIB.

Mesmo a China irá ter uma quebra de cerca de 6,5% ... é um ano que pode levar à maior crise económica e social de sempre.

É tempo de dizer basta a um conjunto de “opinadores” sem escrúpulos e vergonha.

Aos antigos governantes do governo de Passos Coelho, por favor estejam calados, não escrevam sobre o que o governo deve ou não fazer, vocês foram incompetentes, nem quero imaginar como o país estava se ainda fossem governo… vocês tentaram destruir o Serviço Nacional de Saúde.

Ouvir ou ler Poiares Maduro, Paulo Portas ou Maria Luís é um exercício indígno para os olhos e ouvidos.

O mesmo em relação aos “opinadores” Gomes Ferreira, Camilo Lourenço ou Marques Mendes.

Os senhores são intelectualmente desonestos, os senhores são os principais responsáveis pelo renascimento dos populismos neste país.

Mentem, falam e escrevem do que não sabem, manipulam e são fracos!

O que os senhores sabem de saúde pública ou de pandemias? Quem é o Gomes Ferreira para falar do uso de máscaras ou números de testes que o país deveria fazer?

Aos liberais como Ricardo Arroja, Miguel Cadilhe e o deputado da Iniciativa Liberal, como é interessante ouvir os senhores solicitarem ao Estado dinheiro, créditos sem juros, garantias para créditos.

Mas os senhores não são liberais?

Os mercados não resolvem tudo?

O Estado não deve ser pequeno e sem qualquer intervenção na actividade económica?

O Serviço Nacional de Saúde não deveria ser extinto/privatizado?

Ou são liberais só no que vos convém e sociais democratas ou socialistas quando vos convém?

Aos “empresários de sucesso” que passadas duas semanas do confinamento já pediam apoios e diziam ter as empresas à beira da falência. Como é possível?

Como conseguem não ter vergonha de ameaçar com o desemprego quem vos ajudou a ganhar milhões enquanto continuam a ter vidas não consentâneas com empresários falidos, como vocês próprios afirmam?

Deixem de ser hipócritas! Tenham vergonha, respeitem quem realmente precisa de ajuda para não passar fome e ter uma vida digna.

O Estado deve ajudar os diferentes actores económicos, mas só os que protegem o emprego, os que são realmente competitivos e não os que usaram e abusaram dos fundos comunitários.

Esses, além de comprarem bons carros, pouco mais fizeram pelo país.

Que a crise acabe de vez com estes oportunistas sem escrúpulos.

EVENTOS
#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.