Opinião

Teorias rurais

23 dez 2019 11:09

Um incontrolável desejo de fartura move multidões, geralmente para o interior das lojas Sonae Sierra durante o Advento.

No período que antecipa a Consoada gosto de viajar até ao norte do País, onde geralmente me reencontro com o verdadeiro espírito do Natal.

Nesta altura do ano encontram-se já excelentes lagostas em Vila Praia de Âncora, que podem constituir uma ótima alternativa ao fiel amigo.

Trata-se de um animal sem espinhas e sem escamas, o que facilita a tarefa aos cegos e aos mais jovens.

Não me encontro em nenhum destes estigmatizados grupos, mas parece-me oportuno alertar para a sempre fraturante problemática do manuseamento dos talheres.

Outra simpática iguaria, para as carteiras mais abonadas, são os robalos de Afife: local de paragem obrigatória para qualquer leiriense enfartado dos aromas a morcela.

Este nobre animal - munido, no seu caso, de espinhas e escamas - apresenta uma suave alvura de boca que quase rejeita o azeite, e antes pede uma maionese de algas, também confecionada na bonita aldeia.

Esta tradição, que mantenho nos últimos anos, funciona como um agradável pre-detox face às substâncias que se avizinham do meu ácido úrico: nomeadamente as tripas enfarinhadas, os presuntos e salpicões de Cinfães, os perus assados e os queijos da Serra.

Face ao frio e aos nevões (muito embora 15 graus dificilmente se possa considerar “frio”) optou-se por uma experiência calórica baseada em gordura animal.

Não sei se será esta a melhor ideia, ou a mais condizente com os desígnios espirituais da época, mas as alternativas são geralmente desprezadas.

Os excessos cometidos nas compras, nas viagens, nas cozinhas e adegas são hoje dados-adquiridos, lícitos durante as semanas que rematam o ano.

Um incontrolável desejo de fartura move multidões, geralmente para o interior das lojas Sonae Sierra durante o Advento.

E assim, com frio ou com calor, com polvo, peru ou bacalhau, desejo as melhores festas a todos os patrícios!

Com a certeza de vos reencontrar (mais gordos) em 2020!

Texto escrito segundo as regras do Acordo Ortográfico de 1990

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.