Opinião

Um ovo de Colombo chamado Inovação Social

31 out 2019 11:51
alexandra-azambuja-publicitaria
Alexandra Azambuja, publicitária

Porque oferecer estabilidade habitacional a estas pessoas é condição necessária para a pessoa aderir a qualquer projeto de saúde ou projeto social. Uma casa significa recuperar a identidade como pessoa e cidadão e poder libertar-se do estigma do sem-abrigo.

"Chama-se Casas Primeiro e resulta de uma parceria entre a Câmara de Leiria, a Junta de Freguesia, que financiam o programa (o Município custeia três casas e a Junta uma) e a InPulsar - Associação de Desenvolvimento Comunitário, que irá operacionalizar o projecto. Numa primeira fase serão abrangidas quatro pessoas que vivem nas ruas ou em casas abandonadas na cidade, mas há a perspectiva de vir a ser alargado” conta este jornal na sua última edição.

Este é um dos mais interessantes exemplos de Inovação Social, uma área de intervenção que dá novas respostas sociais para velhos problemas.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO