Viver

Mickael Faustino: "Leiria tem evoluído imenso musicalmente"

5 set 2019 00:00

Entrevista | O director artístico da Scherzo Eventus fala do InMusic, que recebe Fernando Alvim, na semana que vem, da Música de Howarts, que promete esgotar o TJLS e da vinda de Luís Represas a Leiria...

A Scherzo Eventus é o agente cultural mais jovem de Leiria. Quais são as iniciativas em que está envolvida? 
A Scherzo é uma agência que fundei e que tem muitos projectos associados, desde o In Music, à música da Disney e, agora, os Filmes dos Anos 90, a música de Hogwarts e A Vila Compasso, do João Gaspar. Em Setembro, no dia 18, teremos a apresentação do primeiro momento da nossa agenda, que é o In Music e teremos o Fernando Alvim como convidado. Será uma espécie de pequena festa de apresentação onde se falará de todos os convidados que irão passar por Leiria, de Novembro a Maio, haverá momentos musicais e alguns momentos de humor com o Fernando. 

A lista de convidados da edição deste ano do In Music ainda está no segredo dos deuses? 
Sim. Os nomes que estão nela só se saberão no dia 18 de Setembro. 

Perfil 
Melómano

Natural de Cortes, Mickael Faustino iniciou-se no mundo da música na banda da Filarmónica das Cortes, Leiria. Concluiu a licenciatura na Esmae, no Porto, e, de lá, seguiu para o mestrado na Hochschule für Musik und Theater, em Lepzig, na Alemanha. O trompista integrou algumas das mais prestigiadas orquestras de jovens do mundo como a Gustav Mahler Jugend Orchester, Schleswig Holstein Orchester Academy ou The World Orchestra. Regressou a Portugal e, em Leiria, está a dar aulas nas bandas filarmónicas da região, além de ter vários projectos musicais e de ser presença assídua na Orquestra Gulbenkian, em Lisboa, e na Casa da Música, no Porto.

E o perfil dessas pessoas, pode saber-se?
Modéstia aparte, será uma lista onde estarão os melhores músicos clássicos portugueses. São pessoas que estão no topo das orquestras sinfónicas… Este ano, porém, iremos fugir um bocadinho da música clássica e vamos integrar uma pessoa ligada ao jazz que é daqui, da zona de Leiria. Estamos a tentar preparar um pequeno lanche para quem assistir às sessões do In Music, pois a minha ideia é fazer delas uma pequena festa no Teatro Miguel Franco. 

Da programação da Scherzo Eventus, fazem parte mais dois grandes eventos, ainda este ano. 
Sim. Já no dia 27, vamos ter a Música do Grande Cinema, Back to 90's!, no Teatro José Lúcio da Silva, com vários convidados. Vamos passar imagens e ouvir a música dos filmes que fizeram a década. É um conceito semelhante ao que tivemos no concerto da Disney, no ano passado. Será um fim-de-semana ligado à sétima arte. Haverá muitos convidados da cidade ligados à música, que irão ajudar na interpretação dos temas. Teremos o Márcio Menino, a Inês Catraia… o Marco Pinheiro, o João Maneta, o Adelino Oliveira, o Manuel Oliveira, a Estela Alexandre ou a Matilde Margalho... 

E de fora? 
Teremos o Luís Represas. Ele cantou a banda sonora portuguesa do Tarzan, já faz 20 anos. Pensei que seria fantástico que ele subisse ao palco para voltar a interpretar as canções desse filme. Felizmente, ele aceitou esse desafio que lhe coloquei. 

São filmes que marcaram a sua infância? 
Sim. Basicamente, são todos aqueles filmes que vi quando tinha seis, sete ou oito anos. São também os meus filmes! Acredito que será uma noite muito boa porque teremos muita, muita gente em cima do palco. É um concerto que liga gerações através do grande ecrã, transportando o público numa odisseia cinematográfica, através do sentido da audição ao som das bandas sonoras que marcaram os anos 90. Filmes como Rocky, Armageddon, Tarzan, a Lista de Schindler ou Titanic vão invadir a plateia, através dos temas musicais que os identificam. Vamos levar o público a reviver algumas das melhores cenas da história do cinema. 

Haverá conversas sobre os filmes?
Não, neste concerto, haverá apenas música do início ao fim. Enquanto passam imagens do filme, os músicos tocam e cantam. 

O terceiro grande evento, será Hogwarts, a Maior Escola de Magia e Feitiçaria do Mundo
Felizmente, é sempre muito procurado. Não temos ainda casa cheia, mas está muito bem composta. Também este evento começou com um concerto pequeno dedicado à Disney… no processo, acabei por conhecer uma pessoa que organiza o Festival Harry Potter, em Loulé,

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
SAIBA COMO