Viver

Apaixonados por consolas dos anos 80? Ele resolve

17 mai 2021 21:50

Mr. NES compra, vende, repara e já é uma figura na comunidade retro gamer

apaixonados-por-consolas-dos-anos-80-ele-resolve
Super Mario Bros, um clássico criado pela Nintendo
DR

No mesmo ano em que a Nintendo dá ao mundo o primeiro jogo Super Mario Bros, 1985, a Juventus bate o Liverpool com golo de Platini na final da Taça dos Campeões, depois da chamada tragédia de Heysel, o mundo junta-se ao colectivo USA For Africa para cantar We Are The World e o filme Back to the Future esgota bilheteiras, com o adolescente Marty McFly a voltar atrás no tempo.

Tudo se passa mais devagar do que agora. E qualquer ecrã verde com bonecos de bigode a saltar entre plataformas é estímulo suficiente para tranformar a realidade de crianças e adolescentes. Para sempre.

Mais de 35 anos volvidos, o jogo Super Mario Bros e a consola Nintendo continuam a mudar a vida de Rui Valério, motorista de pesados, residente na Golpilheira, Batalha, a conversar com o JORNAL DE LEIRIA na véspera de outra viagem a Espanha.

Na comunidade retro gamer, ele é Mr. NES, nickname inspirado na designação Nintendo Entertainment System, o homem que ofereceu o primeiro Game Boy a Nuno Markl. Equipamento original de 1989, com o lendário título Super Mario Land. O momento está registado, a 28 de Janeiro de 2020, no Instagram do argumentista, humorista e animador da Rádio Comercial, que se tinha queixado, dias antes, numa edição da Caderneta de Cromos, de nunca ter sido proprietário de um Game Boy.

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
ASSINE JÁ
Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.