Sociedade

Câmara de Pombal dá parecer positivo a mais a dois parques fotovoltaicos

13 abr 2020 19:47

Prevista a instalação de mais de 45 mil módulos fotovoltaicos nas freguesias de Carriço e Louriçal.

camara-de-pombal-da-parecer-positivo-a-mais-a-dois-parques-fotovoltaicos

Há mais dois projectos para a instalar parques fotovoltaicos no concelho de Pombal. Desta vez, previstos para as freguesias de Carriço e Louriçal.

 
Trata-se, segundo a Câmara, de um investimento global a rondar os 24 milhões de euros e da instalação de 45.300 módulos fotovoltaicos.


Em comunicado, o Município adianta que, na última reunião de executivo, realizada no passado dia 9, deliberou dar parecer favorável às duas pretensões.

 
Um dos parques está projectado para “a zona nascente” do aglomerado urbano de Matas do Louriçal. Ocupará 47,7 hectares (ha) e terá “uma potência anual de 33.135 MWh”, informa a Autarquia.


Com localização prevista para a zona entre a povoação do Grou e o lugar Guarda do Norte, o outro parque vai estender-se por uma área de 29,12 ha e terá uma potência de 38.700 Mwh/ano.


Segundo informação do Município, a energia produzida em ambos os parques “será a transportada para a sub-estação do Louriçal”.


A concretizar-se, a instalação destes parques “contribuirá para a concretização das metas traçadas no Plano Nacional de Energia e Clima 2030 e no Plano de Acção para a Sustentabilidade Energética e Climática do Município de Pombal, promovendo a produção de energia eléctrica a partir de uma fonte renovável”, sublinha aquele comunicado. 


No final de Fevereiro, a Câmara de Pombal já tinha emitido parecer favorável à instalação de um parque eólico na zona de Abiul, Vila Cã e União das Freguesias de Santiago e São Simão de Litém e Albergaria dos Doze.


Durante o último ano, a Autarquia deu luz verde a mais duas pretensões para a instalação de parques fotovoltaicos no concelho, um em Alhais e outro junto ao  Parque Industrial Manuel da Mota. O investimento previsto é de 15 milhões de euros, no primeiro caso, e de 14 milhões, no segundo.

 
“Estes investimentos têm um efeito positivo na sustentabilidade energética e ambiental, mas também na criação de emprego no concelho”, reforça o Município. 

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.