Sociedade

Câmara de Pombal desafia cidadãos a dar contributos para projecto de Requalificação da Várzea

26 abr 2020 19:31

A intervenção, com prazo de execução de 540 dias, advém do Masterplan da Zona do Interface Intermodal de Transportes e Áreas Envolventes

camara-de-pombal-desafia-cidadaos-a-dar-contributos-para-projecto-de-requalificacao-da-varzea
A obra representa um investimento com preço base de 1.787.549 euros, cujo financiamento comunitário previsto é de 1.149.204,93 euros
Ricardo Graça

O Município de Pombal desafia os cidadãos a enviar os seus contributos e proposta para o projecto de Requalificação Urbana da Várzea, em particular, para a zona do Jardim da Várzea.

Na reunião de executivo, na sexta-feira, na qual foi aprovada a abertura do concurso para a empreitada, o presidente da Câmara Municipal manifestou a disponibilidade para “ouvir os contributos dos cidadãos”, nomeadamente no equilíbrio entre espaço verde e pavimentado “desde que o valor global da empreitada não seja alterado” e “sem comprometer a adjudicação até ao final do ano”.

Os contributos podem ser enviados para varzea@cm-pombal.pt, refere uma nota de imprensa.

Segundo a autarquia, a obra representa um investimento com preço base de 1.787.549 euros, cujo financiamento comunitário previsto é de 1.149.204,93 euros. A Várzea localiza-se numa zona estruturante da cidade de Pombal, confinante com rede viária principal de acesso ao centro da cidade e estação de caminhos-de-ferro.

A intervenção, com prazo de execução de 540 dias, advém do Masterplan da Zona do Interface Intermodal de Transportes e Áreas Envolventes, no qual se incluem também a Requalificação do Jardim do Cardal e da Avenida Heróis do Ultramar, intervenções no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) da cidade de Pombal, anuncia ainda o Município.

Numa área total de 22.430 metros quadrados, a obra contempla a renovação do Jardim da Várzea, um novo sistema de drenagem de águas residuais, rede de abastecimento de água, infra-estruturas eléctricas e de telecomunicações, execução de passeios e repavimentação de todos os arruamentos.

No Jardim da Várzea, prevê-se a manutenção da fonte central e acessibilidade total em todos os quadrantes.

O quadrante que confina com a Rua Dr. Carlos Alberto Mota Pinto será dotado de um generoso passeio dotado de árvores e de um acesso por escadas, revela também a autarquia.

Para o Jardim está previsto um pavimento misto em calçada portuguesa e um pavimento ecológico drenante, bem como zonas ajardinadas. Estão ainda previstos bancos com canteiros para flores e zonas arborizadas para os transeuntes que aí pretendam pausar.

A intervenção, que prevê a aplicação de materiais que remetam para as características originais dos arruamentos, contempla ainda a Rua Dr. Carlos Alberto Mota Pinto, a Rua 31 de Janeiro, a Rua Marechal António de Spínola, a Rua Alexandre Herculano, o Largo da Estação, a Travessa 31 de Janeiro, a Rua Professor Alberto Martins de Oliveira e a Rua e a Travessa Cancela do Cais.

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.