Covid-19

Jovem da Marinha Grande luta contra a Covid-19 no México

9 set 2021 17:38

Vasco Santos estava em lua-de-mel

jovem-da-marinha-grande-luta-contra-a-covid-19-no-mexico
O jovem só poderá regressar a Portugal quando o seu estado de saúde melhorar e precisa de viajar num aeromédico
DR

Vasco Santos, 32 anos, está ligado ao andebol da região há vários anos. Em lua-de-mel no México, contraiu Covid-19 e encontra-se em coma induzido num hospital público, mas os custos dos tratamentos são elevados.

Um apelo nas redes sociais levou muitas pessoas a contribuírem para ajudar o jovem e a sua esposa, que permanece no México a acompanhar o marido. A família procura ajuda para trazer Vasco Santos o mais rápido para Portugal. Para tal precisa de um transporte aeromédico.

“Falei com a presidente da Câmara da Marinha Grande para requisitarmos o C-130, com a ajuda do Estado. Por agora, o pedido veio negado. O Vasco precisa de melhorar um pouco mais. Voltaremos a pedir esse apoio”, afirma Márcia Costa, irmão de Vasco.

Fonte da autarquia refere que os médicos desaconselham, para já, a transferência, tendo em conta do estado de saúde do jovem.

Ontem, dia 8 de Setembro, perto da hora do almoço, a irmã de Vasco fez o ponto da situação sobre o estado clínico: “continua entubado e sedado, em coma induzido, de barriga para baixo para conseguir respirar melhor”.

“Devido à diferença horária, só ao final da tarde consigo ir actualizando a informação”, acrescenta. Apesar de estar num hospital público, Márcia Costa explica que “tudo é pago”, pelo que todas as contribuições monetárias que foram dadas à família têm sido uma grande ajuda. “É preciso pagar medicamentos, meias de compressão e outras coisas médicas.”

O dinheiro angariado tem também ajudado a mulher de Vasco. “Eles tinham alojamento marcado até dia 5. Consegui adiar a viagem de regresso dos dois e arrendar um quarto para a minha cunhada, que fica a cerca de dois quilómetros do hospital”, conta. Além desses custos, há ainda os encargos com o roaming das chamadas, o táxi para o hospital e a alimentação da mulher, Joana. Márcia Costa esclarece que o casal não estava vacinado contra a Covid-19.

“Quando o meu irmão foi para levar a vacina, não estavam disponíveis. Entretanto, teve de levar as outras vacinas para viajar para o México e teria de esperar algum tempo para poder apanhar a da Covid-19”, explica, referindo que a Joana não estará infectada ou, “então, estará assintomática”.

Assim que soube da situação do jovem, Cidália Ferreira, presidente da Câmara da Marinha Grande, contactou de imediato a Embaixada de Portugal no México, o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) e a Secretaria de Estado das Comunidades, e tem mantido “contactos diários com a embaixada”.

Fonte do MNE também garante estar a acompanhar a situação. Colegas e administração da Vangest, empresa onde Vasco Santos trabalha, também já contribuíram monetariamente e estão a acompanhar a situação.

Vasco Costa treinou no ano passado uma das equipas de andebol da Juventude Desportiva do Lis. Este ano vai abraçar um novo projecto em Alcanena.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.