Viver

Mulheres ao poder no Leiria Film Fest

22 mar 2019 00:00

55 filmes em exibição – dos quais 24 a concurso nas categorias ficção, documentário e animação.

mulheres-ao-poder-no-leiria-film-fest-10038

Está a decorrer até domingo, 24 de Março, a sexta edição do Leiria Film Fest, festival internacional de curtas-metragens, com acesso gratuito, este ano marcado por vários filmes que colocam em destaque o papel da mulher e abordam temáticas relacionadas com as questões de género, o tráfico humano e a violação, entre outras. 

Para conferir ao longo dos próximos dias, mas, em especial, na sessão Cinema Português no Feminino, que acontece no sábado, depois das 18 horas, no Teatro Miguel Franco, com a presença de Tiago Alves (Cinemax, RTP) e curtas de Susana Nobre, Laura Gonçalves e Xá, Joana Alves e Adriana Martins. 

Segundo Bruno Carnide e Cátia Biscaia, que partilham a direcção do Leiria Film Fest, os 55 filmes em exibição – dos quais 24 a concurso nas categorias ficção, documentário e animação, seleccionados entre quase mil submissões – oferecem um olhar menos romântico e mais centrado na actualidade, com os realizadores a equacionarem respostas para os problemas sociais do momento. 

A abertura oficial aconteceu quinta-feira, com Memória, Substantivo Feminino, de Luísa Sequeira, e Hei-de Morrer Onde Nasci, de Miguel Munhá. E esta é uma novidade em 2019: sempre que possível, os autores vão estar em sala a apresentar as obras. Bruno Carnide e Cátia Biscaia querem que o festival seja cada vez mais “uma festa do cinema com as pessoas do cinema”, de olhos no ecrã e a falar sobre o ofício. 

Mais longo, o Leiria Film Fest estende-se de dois para cinco dias, instala-se no Teatro Miguel Franco, no Museu de Leiria e no museu m|i|mo e oferece filmes originários de 18 países, incluindo 12 estreias nacionais. Os vencedores voltam a ser exibidos no domingo, pelas 16 horas.

EVENTOS