Sociedade

"O Rei dos Frangos não é “esse rei dos frangos!"

7 jul 2021 19:41

Empresa de Leiria esclarece eventuais confusões

o-rei-dos-frangos-nao-e-esse-rei-dos-frangos

Porque as confusões acontecem, especialmente quando os nomes são semelhantes, a empresa Churrasqueiras Rei dos Frangos, Lda, com sede em Leiria, veio explicar, com muito humor, que o "rei dos frangos" envolvido com o presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira, em buscas no âmbito de suspeitas de crimes de burla qualificada ao Fundo de Resolução bancária, não é o "Rei dos Frangos" da cidade do Lis.

Num comunicado divulgado nas redes sociais, a empresa alerta que "o Rei dos Frangos", hoje detido no âmbito desta investigação, não é “esse rei dos frangos!', mas José António dos Santos, empresário fundador da empresa Valouro e visado nas notícias de hoje.

O JORNAL DE LEIRIA também errou pelo que pede desculpa aos visados.

Leia o comunicado

"O Rei dos Frangos não é “esse rei dos frangos!"

Mais uma vez, a nossa empresa Churrasqueiras Rei dos Frangos, Lda, com sede em Leiria e com 19 churrasqueiras take-away em Portugal, vem a público defender o seu bom nome e vincar que EM NADA tem a ver com o circo metafórico “do rei dos frangos”, nem com nenhuma das pessoas envolvidas nesse grupo de peças que se vêem noticiando desde 2019.

Para quem quiser perceber um pouco melhor a diferença entre a realidade e notícias feitas descuidadamente, explicamos, ponto a ponto:
1) Nenhuma das nossas lojas nem a nossa sede foi alvo de buscas por qualquer núcleo de investigação ou instituição de segurança pública. EM NADA estamos relacionados com o Sr. Luís Filipe Vieira ou com qualquer uma das empresas que dá origem às diversas peças jornalísticas;

2) A nossa empresa chama-se Churrasqueiras Rei dos Frangos, Lda. e tem direitos sobre a marca comercial “Rei dos Frangos”. Este é o nome utilizado nas nossas lojas para denominar o nosso serviço e os nossos produtos. Queremos e devemos lutar pelo bom nome desta marca e desta empresa que existe desde 1989;

3) Um dos gerente da empresa Churrasqueiras Rei dos Frangos, Lda. chama-se João Carlos Paiva Santos. EM NADA o nosso gerente está relacionado com o Sr. Luís Filipe Vieira nem com qualquer uma das empresas que dá origem aos negócios noticiados;

4) O Grupo Valouro SGPS, SA. tem como administrador o Sr. José António dos Santos, o tal apelidado de “rei dos frangos” por parte dos órgãos de comunicação. Entre João e José vai todo um nome diferente, que deveria servir para inúmeras peças jornalísticas o conseguirem discernir, mas inúmeras vezes deixaram de o fazer;

5) Não existe nem existiu qualquer relação empresarial entre a nossa empresa e o Sr. José António dos Santos além da natural interacção comercial entre fornecedor e comprador: a Avibom, uma das empresas do Grupo Valouro, vende matéria-prima à Churrasqueiras Rei dos Frangos, concretamente, frango. Porque é de assar frango que nós percebemos, de acções e SADs… nem tanto.

Perceba-se, desde já, a diferença de tratamento entre o indivíduo Luís Filipe Vieira, sempre tratado pelo nome, e o indivíduo José António dos Santos, que nunca é tratado pelo nome nem pelas empresas que gere, mas por uma metáfora bem mais curta e elegante, o “rei dos frangos”. E é aqui que, infelizmente, somos chamados “à baila”.

Nos dias que correm, nenhum jornal sequer se dá ao trabalho de falar em Valouro GSPS ou qualquer outra empresa devidamente detida e/ou administrada pelo senhor que é descrito como amigo do senhor Luís Filipe Vieira. Hoje, temos clientes, fornecedores e amigos a perguntar, a ligar e a comentar consecutivamente, sem já conseguirem distinguir uma metáfora demasiadamente disseminada, estupefactos sobre o que (não) está a acontecer.

Em nada queremos limitar o direito à opinião nem à liberdade de imprensa. Por várias vezes, desde 2020, alertámos diversos elementos da imprensa sobre o enorme dano à reputação da empresa e dos graves mal-entendidos que estariam a gerar às diversas pessoas que aqui trabalham todos os dias.





Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.