Abertura

"Os incendiários não tiram férias!"

30 jul 2021 17:00

Alerta | A vigilância florestal é um trabalho de bastidores, mas que é a primeira linha de defesa da guerra contra os incêndios que, graças ao desordenamento do território e comportamentos de risco, e potenciada pelas alterações climáticas, deverá agravar-se nas próximas décadas

Jacinto Silva Duro

Clique na imagem em cima para ver o vídeo

Num espaço pouco maior do que uma cabine telefónica, o vento assobia, constante, pelas frestas das janelas, numa sinfonia que, no alto da Serra de Alvaiázere, raramente se silencia. É uma espécie de ruído branco que abafa tudo o resto e apura a concentração e os sentidos.

Agarra-nos pela mão e leva-nos para uma “zona de concentração mental”, onde o foco é a identificação do mais pequeno sinal de fogo no castanho e verde-escuro da floresta autóctone, à direita no horizonte, e na enorme mancha de verde-azulado das plantações de eucalipto, à esquerda.

“Estamos aqui, 24 horas por dia, sempre vigilantes”, conta Rui Nunes, o ocupante do posto.

Baixa o tom da voz, perde o interesse na conversa e anuncia: “querem ver que estávamos aqui a falar e temos aqui uma situação! Há uma coluna de fumo!”

Os binóculos, materializados instantaneamente nas mãos, são levados aos olhos. Identifica a direcção de onde uma nuvem clara toca no chão acastanhado, dirige-se para a mesa de ângulos, que ocupa todo o centro da torre, e com a ajuda da lente, traça o rumo do fumo.

A seguir informa a sala de operações do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), em Leiria.

“Aqui posto quatro, escuto? Informa coluna de fumo a 358. Escuto?” O CDOS pede a equidistância e entra imediatamente em acção, coordenando o esforço de aferição do grau de perigo e a localização exacta da ocorrência.

Para isso, junta os olhos de outros homens e mulheres, posicionados noutras torres de vigia, e ainda sofisticadas câmaras de alta resolução, operadas a partir da ca

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Já é assinante? Inicie aqui
ASSINE JÁ
Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.