Desporto

A pequena Ilha só tem comparação com Benfica, Sporting e Marítimo

11 mai 2020 15:05

Clube do concelho de Pombal vai ter em paralelo equipas seniores femininas de futebol e futsal

a-pequena-ilha-so-tem-comparacao-com-benfica-sporting-e-maritimo
A equipa júnior de futebol feminina da GD Ilha competiu pela primeira vez na temporada que agora acaba e foi uma alegria
Ricardo Graça

Futsal e futebol feminino são como o azeite e o vinagre. Raramente se misturam. Uns clubes dedicam-se a uma, outros a outra, e só em casos excepcionais é que existe convivência debaixo da alçada do mesmo emblema.

Uma pesquisa pela base de dados da Federação Portuguesa de Futebol revela-nos que apenas Sporting, Benfica e Marítimo têm equipas juniores e seniores femininas em ambas a modalidades. No entanto, isso está para mudar e a transformação vem de uma pequena aldeia do concelho de Pombal.

Em 2020/21, o Grupo Desportivo da Ilha, o “clube do concelho de Pombal com mais atletas federados”, vai entrar naquele restrito e ilustre lote de clubes, composto por dois dos três grandes do desporto nacional e a mais representativa associação desportiva da idiossincrática Região Autónoma da Madeira.

À equipa sénior de futsal feminino, que compete nas provas da Associação de Futebol de Leiria desde 2002/03, juntar-se-á, pela primeira vez, um grupo sénior de futebol feminino.

Foi na época turbulenta que agora acabou que as meninas da Ilha se dedicaram pela primeira vez aos pontapés no relvado. O clube apresentou uma equipa de juniores que competiu no Campeonato Nacional de sub-19 e ocupava o sexto lugar entre oito participantes na altura da interrupção da prova devido à pandemia. Numa época, decidem avançar para a equipa principal.

“A criação de uma equipa sénior era um dado adquirido, só não saberíamos se seria já para a próxima temporada. Na política desportiva do Grupo Desportivo da Ilha só faz sentido ter uma equipa de juniores se houver também uma de seniores. É importante dar continuidade ao trabalho executado”, explica o coordenador da formação e do futebol feminino do clube do concelho de Pombal.

ACR Maceirinha regressa com equipa sénior feminina de futebol

A Associação Cultural e Recreativa da Maceirinha é dos clubes com um trabalho mais consolidado no que ao futebol feminino diz respeito no distrito de Leiria e na próxima temporada voltará a ter equipa sénior. Um medida que “visa proporcionar a todas as jogadoras da formação um objectivo futuro” e “permitir que todas continuem a praticar a modalidade de que tanto gostam quando chegam a seniores”. Outro dos propósitos é “permitir o regresso” das jogadoras que foram campeãs distritais em 2015/16, na última época em que a prova organizada pela Associação de Futebol de Leiria se desenrolou. Por isso, se não houver desistências, o distrito de Leiria estará representado por seis equipas nos campeonatos seniores de futebol feminino. O GDC A-dos-Francos competirá na Liga, enquanto Sporting de Pombal, GD Os Vidreiros, AR Meirinhas, GD Ilha e ACR Maceirinha irão disputar a 2.ª Divisão.

Alexandre Silva conta que o clube foi contactado por algumas pessoas interessadas em participar numa equipa sénior, “umas com alguma experiência, outras apenas com muita paixão pelo jogo”.

Por outro lado, as muitas jogadoras do escalão etário imediatamente inferior terão disponibilidade para jogar nas duas equipas, numa ao sábado e na outra ao domingo. A apresentação da equipa é, pois, fruto, “da procura” existente por um projecto com estas linhas.

Num local pequeno, este avanço perante uma modalidade já estabelecida podia ser vista como uma ameaça, mas o responsável garante que é entendida, acima de tudo, como uma prática complementar, que aumenta o leque de ofertas da associação. “São modalidades diferentes. Quem jogava futsal quer continuar a jogar, quem vem de novo, neste momento, prefere o futebol”, explica o responsável.

E também, quiçá, como uma oportunidade para todos. “Até será possível jogarem em ambas as modalidades. É feito por alguns clubes. Os coordenadores de ambas as modalidades estão abertos, agora é preciso que o treinadores queiram.”

#SEMFOMENAREGIÃO

Junte-se a uma grande causa

Ao assinar o Jornal de Leiria durante o mês de Maio, está a contribuir com 10€ para o combate à fome na nossa região.

Uma iniciativa com o apoio Makro

Saiba mais aqui.