Sociedade

Bispos apoiam referendo e rejeitam eutanásia

11 fev 2020 16:23

Anúncio em Fátima depois de reunião do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa

bispos-apoiam-referendo-e-rejeitam-eutanasia
Manuel Barbosa, porta-voz da CEP, deu voz à posição dos bispos portugueses
DR

O Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) anunciou esta terça-feira, 11, em Fátima que “acompanha e apoia as iniciativas em curso contra a despenalização da eutanásia, nomeadamente a realização de um referendo”.

Os bispos consideram que “a opção mais digna contra a eutanásia está nos cuidados paliativos como compromisso de proximidade, respeito e cuidado da vida humana até ao seu fim natural”.

No comunicado lido pelo porta-voz da CEP, Manuel Barbosa, está também uma mensagem para os profissionais de saúde: “Qualquer intervenção de diagnóstico, de prevenção, de terapêutica, de investigação, de tratamento e de reabilitação há de ter por objectivo a pessoa doente, onde o substantivo “pessoa” venha sempre antes do adjectivo “doente”. Por isso, a vossa acção tenha em vista constantemente a dignidade e a vida da pessoa, sem qualquer cedência a actos como a eutanásia, o suicídio assistido ou a supressão da vida, mesmo se o estado da doença for irreversível”.

Manuel Barbosa disse aos jornalistas que a CEP reconhece a legitimidade do Parlamento para analisar projectos sobre a eutanásia, mas considera que o tema exige um debate alargado a toda a sociedade portuguesa.

EVENTOS