Sociedade

Já começou a construção do novo parque verde de Leiria

6 mai 2021 16:39

Com uma área de oito hectares, o futuro parque verde de Santa Clara e Porto Moniz deverá ficar concluído até Fevereiro do próximo ano.

Trabalhos começaram nos últimos dias e irão prologar-se até Fevereiro
Trabalhos começaram nos últimos dias e irão prologar-se até Fevereiro
DR
Parque terá circuitos de manutenção e clareiras para utilização desportiva e recreativa, entre outros espaços
Parque terá circuitos de manutenção e clareiras para utilização desportiva e recreativa, entre outros espaços
Plano geral do parque que está a nascer junto à A19
Plano geral do parque que está a nascer junto à A19

Já estão a decorrer as obras do novo parque verde de Leiria, a nascer em Porto Moniz e Santa Clara, numa área de oito hectares.

A obra teve início esta semana e a previsão é que fique concluída "até Fevereiro de 2022", avança fonte da Poligreen, empresa promotora da obra, que a irá também custear como pagamento de compensações decorrentes da lei no âmbito do licenciamento de um loteamento (Quinta da Malta, em construção do outro lado da A19).

De acordo com o projecto, aprovado em Novembro último pela Câmara, o parque terá circuitos de manutenção, clareiras para utilização desportiva e recreativa, bancada, quiosque, equipamento infantil e área de merendas.

O parque ocupará ambas as margens do rio Lena, no lugar onde a ribeira dos Parceiros aflui, cursos de água que será parte integrante do projecto, como sublinhou o arquitecto José Veludo aquando da sua apresentação ao executivo.

Estão previstas ciclovias e circuitos pedonais com o objectivo de prolongar os corredores de ambas as margens do rio Lena em direcção ao rio Lis e garantir a articulação com os percursos já existentes do Polis.

O projecto contempla ainda a construção de duas pontes de modo a permitir o atravessamento entre as margens do rio Lena.

Serão também instalados equipamentos de manutenção e para os mais idosos e duas zonas para crianças e jovens (uma até aos quatro anos e outra para idades dos quatro aos 14).

Em relação às espécies arbóreas, o projecto privilegia as regionais e autóctones: amieiro, freixo, choupo-negro, choupo-de-itália, carvalho cerquinho, sobreiro, salgueiro-branco, tília-comum, carvalho-americano, salgueiro-frágil, zêlha e borrazeira-preta.

O novo parque tem um investimento previsto de 1,2 milhões de euros.

 

Texto alterado às 18:08 horas, do dia 6 de Maio de 2021, para corrigir data de conclusão das obras.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.