Economia

Já há data. Hotel Montebelo Bordallo Pinheiro abre nos Pavilhões do Parque nas Caldas no Verão de 2023

1 jun 2021 16:31

Tinta Ferreira anunciou a sua previsão de abertura do hotel de cinco estrelas

ja-ha-data-hotel-montebelo-bordallo-pinheiro-abre-nos-pavilhoes-do-parque-nas-caldas-no-verao-de-2023
Valor da obra é de 15 milhões de euros
Ricardo Graça/Arquivo
Redacção/Agência Lusa

O projecto está orçamentado em 15 milhões de euros e prevê a transformação dos Pavilhões do Parque das Caldas da Rainha num hotel de cinco estrelas.

A obra, anunciou hoje a autarquia, deverá estar concluída no Verão de 2023 e vai chamar-se Montebelo Bordallo Pinheiro.

A Câmara Municipal das Caldas da Rainha sublinha que o "projecto foi aprovado na generalidade e já tem quase todos os pareceres favoráveis, o que permite estimar que dentro de um mês, sensivelmente, a empresa possa levantar a licença de construção”.

O presidente da Câmara das Caldas da Rainha, Fernando Tinta Ferreira, refere que se trata de uma obra que prevê a reabilitação e a requalificação dos Pavilhões do Parque das Caldas da Rainha numa unidade hoteleira com mais de uma centena de quartos, através de uma concessão aos centenários edifícios ao Grupo Visabeira.

O hotel ocupará uma área de 15.500 metros quadrados de construção e contemplará uma ligação entre o Céu de Vidro e a antiga Casa da Cultura, bem como a construção de um edifício multiusos no local onde em tempos existiu uma sala de cinema.

O contrato de concessão determinava que o projecto necessitava da aprovação da Direcção-Geral do Património Cultural, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT) e do Turismo de Portugal, entre outras entidades, que foram chamadas a pronunciar-se na sequência da aprovação prévia votada pelo executivo em Novembro de 2019.

“Falta apenas o parecer da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil, mas todo o projecto foi feito com base nos requisitos de segurança discutidos em várias reuniões prévias, pelo que se espera que não venham a existir dificuldades na sua obtenção”, adiantou o autarca.

“A obra poderá arrancar ainda este verão e ficar concluída no prazo de dois anos”, estimando Tinta Ferreira que a transformação dos pavilhões num hotel “seja uma realidade no Verão de 2023”.

O Montebelo Bordallo Pinheiro assenta na ligação às águas termais e à fábrica e museu de Bordallo Pinheiro.

Os Pavilhões do Parque D. Carlos I foram concessionados à sociedade Empreendimentos Turísticos Monte Belo, do Grupo Visabeira, em 2017, determinando o contrato de concessão que o projecto para a requalificação dos imóveis fosse entregue no prazo de um ano e que, após a sua aprovação, a obra arrancasse num prazo de 180 dias.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.