Viver

Mais de 300 páginas celebram a vida e a obra de “uma mulher de armas”

11 jan 2020 14:18

Novo livro de Jorge Pereira de Sampaio, historiador de Alcobaça

mais-de-300-paginas-celebram-a-vida-e-a-obra-de-uma-mulher-de-armas
Jorge Pereira de Sampaio
Ricardo Graça
Daniela Franco Sousa

Jorge Pereira de Sampaio, historiador natural de Alcobaça, lançou recentemente o seu livro Virgínia Victorino Vida e Obra numa cerimónia que decorreu no Salão Nobre do Palácio da Independência, em Lisboa, e que contou com a apresentação do professor Rui Vieira Nery. Com prefácio de María Victoria Navas Sánchez-Élez, o livro reveste-se de grande importância para o historiador, não só porque aborda os feitos de Virgínia Victorino, personalidade que tem sido estudada por Jorge Pereira de Sampaio nas últimas três décadas, mas também porque em causa está o 40.º livro do investigador de Alcobaça.

“São 330 páginas, mais de 800 notas, 14 páginas de bibliografia, centenas de imagens... quase uma segunda tese de doutoramento, resultado de trinta anos de pesquisa. É o meu 40.º livro e tenho a honra de ter sido apresentado pelo professor Rui Vieira Nery, amigo de há uns trinta anos, que estimo e admiro”, salienta Jorge Pereira de Sampaio. O historiador recorda que Virgínia Victorino, também ela natural de Alcobaça, foi a escritora que mais livros vendeu em Portugal na década de 1920, tendo feito 12 edições em Portugal e duas no Brasil só do seu primeiro livro.

Por mérito, frisa Jorge Pereira de Sampaio, Virgínia Victorino foi condecorada com as Ordens de Cristo e de Santiago e com a Cruz de Afonso XII de Espanha. Virgínia Victorino, reforça o historiador, foi “uma mulher de armas, que soube batalhar pelas suas ideias numa época difícil, há cem anos atrás! E venceu, sendo a escritora mais divulgada nos anos 20 em Portugal”.

A divulgação desta ilustre personalidade de Alcobaça tem acontecido em vários momentos no percurso de Jorge Per

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.