AUTÁRQUICAS 2021

Marcos Ramos é o candidato da Iniciativa Liberal à Câmara de Leiria

31 mai 2021 12:53

O candidato, de 39 anos, natural de Leiria e a viver em Mira de Aire, concelho de Porto de Mós, é coordenador do Núcleo Territorial de Leiria da IL

marcos-ramos-e-o-candidato-da-iniciativa-liberal-a-camara-de-leiria
Marcos Ramos, cabeça de lista da IL à Câmara de Leiria
DR
Redacção/Agência Lusa

A Iniciativa Liberal (IL) candidata à presidência da Câmara de Leiria nas próximas eleições autárquicas o consultor de gestão Marcos Ramos, que considera fazer falta uma visão liberal no município capital de distrito.

“Consideramos que uma visão liberal faz falta na Câmara Municipal, numa óptica construtiva, dando valor às pessoas, garantindo que temos um município mais transparente, onde as pessoas são tidas em conta, com menor burocracia”, afirmou hoje à agência Lusa Marcos Ramos, que traçou como objectivo ser eleito.

O candidato, de 39 anos, natural de Leiria e a viver em Mira de Aire, concelho de Porto de Mós, é coordenador do Núcleo Territorial de Leiria da IL.

Marcos Ramos explicou que aceitou ser cabeça de lista por acreditar que “a política tem de ser feita de baixo para cima, a partir do município e das freguesias”.

“É a partir da base que conseguimos construir uma sociedade diferente. E as estruturas públicas que estão mais próximas das pessoas são as autarquias”, declarou, acrescentando: “Sempre foi essa a minha forma de ver a política. Recebi convites ao longo dos anos, mas a IL é o partido com o qual me identifico”.

Sobre a governação da câmara, desde 2009 liderada pelo PS, Marcos Ramos reconheceu que se assistiu, “efectivamente, a um controlo e melhoria financeiros”, o que “é de louvar”.

Porém, alertou para a existência de “desvios significativos nas grandes obras, muito acima do que estava planeado, incluindo em obras que ainda não saíram do papel, como o multiusos”.

Por outro lado, o candidato referiu que se assiste “ao surgimento de obras sem ter a opinião das pessoas”, como as floreiras na Avenida Heróis de Angola, na cidade de Leiria.

“Esta questão da forma como as obras são feitas queremos contribuir para alterar esse paradigma. A opinião das pessoas tem de ser tida em conta”, salientou, defendendo um município mais sustentável do ponto de vista ambiental e da mobilidade.

No âmbito ambiental, Marcos Ramos lembrou “as descargas ilegais das suiniculturas”, considerando que “só com uma solução concertada dos municípios com envolvimento do governo central é que se poderá resolver este problema permanentemente”.

“Tem sido atirado dinheiro para cima do problema ao longo dos anos, de forma significativa, mas sem uma solução”, lamentou.

Já na área da mobilidade, sustentou que a linha ferroviária do Oeste é um “ponto central”.

Citado numa nota de imprensa da Iniciativa Liberal, partido que se apresenta pela primeira vez a eleições autárquicas, Marcos Ramos sustenta que “um município liberal é um município onde as pessoas têm mais voz” e “onde as suas prioridades são tidas em conta”.

“Como liberais, acreditamos que o liberalismo tem um contributo muito importante para dar ao país e a Leiria”, adianta o cabeça de lista, acrescentando que é com os princípios da transparência, envolvimento social e cooperação, desburocratização, inovação e sustentabilidade que é construída esta candidatura.

Entre as medidas anunciadas para alcançar um município liberal a IL propõe “a avaliação criteriosa dos investimentos públicos”, “a devolução aos cidadãos ou a diminuição das parcelas dos impostos cobrados que correspondem ao município” ou a criação do portal da transparência municipal.

Nas últimas eleições autárquicas, em 2017, o PS manteve a liderança da Câmara de Leiria, conquistando oito mandatos, enquanto o PSD obteve três.

São ainda candidatos nas próximas eleições o vereador Álvaro Madureira (PSD), o actual presidente da Câmara, Gonçalo Lopes (PS), Luís Paulo Fernandes (Chega), Fábio Seguro Joaquim (CDS-PP) e Luís Miguel Silva (BE).

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.