Sociedade

Obras mudaram a face do bairro Sá Carneiro, mas moradores pedem melhorias

13 jan 2020 12:12

Investimento global na requalificação do bairro social de Leiria rondou os 3,2 milhões de euros.

obras-mudaram-a-face-do-bairro-sa-carneiro-mas-moradores-pedem-melhorias
Nos prédios são visíveis sinais de humidade e de infiltrações
Ricardo Graça
Maria Anabela Silva

“O bairro está mais bonito, mas isso não quer dizer melhor”. As palavras são de Manuel Gaspar, presidente da Associação de Moradores do Bairro Sá Carneiro, e expressam um sentimento generalizado dos residentes, que apontam várias falhas às obras levadas a cabo nos últimos anos.

No total, foram investidos cerca de 3,2 milhões, dos quais 2,4 milhões na requalificação dos prédios, com a substituição das coberturas, que eram ainda em fibrocimento, das janelas, com colocação de caixilharia em alumínio e vidro duplo, e o revestimento exterior dos edifícios com material de isolamento.

A intervenção nos imóveis - que deixou de fora um dos blocos detido maioritariamente por proprietários privados – foi complementada com a requalificação do espaço exterior, um investimento na ordem dos 850 mil euros feito pela Câmara com o apoio de fundos comunitários, que incluiu a construção de um campo de jogos e de um parque infantil, colocação de mobiliário urbano, criação de zonas verdes e de passeios e remodelação da iluminação pública.

Leia ainda: Sá Carneiro - Histórias de um bairro que nunca se livrou do preconceito

 

É indesmentível que as obras transformaram, positivamente, a imagem física do bairro, o que é reconhecido pelos moradores. Estes consideram, contudo, que há melhorias e correcções a fazer, nomeadamente ao nível das condições de conforto das casas, onde já são visíveis sinais de humidade e de infiltrações.

“Era preferível fazer obras por dentro. As casas são frias e muito húmidas”, alega Marcelo Veloso. Esta queixa, partilhada por vários moradores ouvidos pelo JORNAL DE LEIRIA, é refutada por Manuel Tereso, presidente do Conselho de Administração da NHC, a cooperativa social que é proprietár

Este conteúdo é exclusivo para assinantes

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?

Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.

Se efectivar a sua assinatura durante o mês de Maio, 10€ reverterão para o combate à fome na nossa região.