Opinião

2020 – Começar da melhor forma possível!

18 jan 2020 15:44

A perda de peso deverá ser lenta para ser duradoura, para que perca a sua massa gorda e não a sua massa muscular, caso o fizesse rapidamente.

Será que ano novo significa vida nova?

O início de um novo ano acarreta sempre a esperança de que este agora é que vai ser um ano melhor e com um futuro para todos mais risonho, o que naturalmente acaba por merecer o nosso tradicional desejo e brinde.

No que respeita à área da saúde e, particularmente, ao regime alimentar adotado por cada um, é desejável que assim seja, pelo que, para início desta nova série de textos de opinião, nada como começar de forma saudável.

Ultrapassada esta quadra natalícia, é chegada a altura de ajustar contas com todos os excessos alimentares que foram cometidos. E se era quase impossível resistir à tentação de mais um doce, um chocolate, uma fatia de bolo-rei ou mais uma taça de espumante, eis-nos agora na fase de tolerância zero.

É bom que se tenham presentes, por maiores que sejam os prazeres de uma mesa farta, os riscos que se corre em toda a série de doenças que estão em causa quando a alimentação é desregrada.

Como primeira medida, num ato de coragem, coloque-se em cima de uma balança e faça as suas contas.

Todo o peso que tiver a mais terá de o tentar perder de forma gradual. Este é o seu grande desafio, pela dificuldade que encerra, pela coragem para prosseguir as diversas etapas até se atingir o peso pretendido.

É que após uma fase inicial em que a balança baixa, o que é bastante animador, vêm as etapas seguintes, sem resultados desejáveis, com flutuações de peso, o que para além de poder provocar ansiedade e stress leva ao desânimo e à persistência de peso excessivo.

A perda de peso deverá ser lenta para ser duradoura, para que perca a sua massa gorda e não a sua massa muscular, caso o fizesse rapidamente.

Da mesma forma se fizesse uma dieta muito restritiva, em que ocorreria perda de vitaminas e sais minerais possibilitando risco para a sua saúde.

É aceitável uma perda de peso à volta de meio quilo por semana, conseguindo-se esse objetivo introduzindo pequenas alterações na alimentação habitual, ao invés de grandes alterações num curto espaço de tempo.

Cada vez mais se constata que os erros alimentares são constantes, continuados e significativos, salientando-se a necessidade de manter o peso tão próximo quanto possível do seu peso ideal ou peso teórico, através de uma alimentação saudável, que é uma alimentação cuidada, agradável, saborosa, variada e com baixo teor em calorias.

Uma vez encontrado o peso desejável, deverá ingerir somente a quantidade de calorias suficiente para manter o peso que atingiu com a dieta adequada às suas necessidades, num equilíbrio proporcional entre todos os grupos alimentares. E nesta ocasião, é importante também realçar os benefícios do exercício físico para a sua saúde, com ênfase nos célebres 20 a 30 minutos, pelo menos, de caminhada regular todos os dias.

A redução do peso será tanto mais gratificante pelas vantagens no nosso bem-estar físico e na nossa autoestima, mas também como forma de prevenção e tratamento das doenças associadas a tempos e tempos de práticas alimentares menos apropriadas e prejudiciais. Para que possa prevenir a doença e promover a saúde, não se esqueça que: peso a mais, saúde a menos!

*Texto escrito segundo as regras do Acordo Ortográfico de 1990

EVENTOS