Opinião

Loucos anos 20

2 fev 2020 14:32

A década que agora inicia arrisca-se a ficar conhecida por uma qualquer outra denominação de insanidade.

A década de 1920 ficou conhecida como “loucos anos 20”.

Uma época de euforia, crescimento económico (pós Guerra Mundial), evolução tecnológica (aviação, automóveis), e com novos movimentos nas artes (Art Déco, jazz).

Foi, também, a década de realinhamento dos poderes mundiais, com os EUA a ganharem predominância, o Reino Unido a assistir ao ocaso do império e uma URSS emergente e inspiradora de outras experiências comunistas.

A década que agora inicia arrisca-se a ficar conhecida por uma qualquer outra denominação de insanidade.

Façamos uma pequena análise dos grandes desafios que se adivinham para a década de 2020.

1. O crescimento dos movimentos nacionalistas – de cariz conservador e demagógico – deverá acentuar-se nesta década.

A sensação de injustiça e desproteção, alavancados por ferramentas tecnológicas que propagam sem filtro mentiras, é assumida por protagonistas cada vez mais desavergonhados.

Se Trump mente diariamente sem pingo de vergonha – e os seus acólitos teimam em não querer ver as mentiras e a protegê-lo ad nauseam, receio que novas personagens surjam e façam Trump parecer digno e impoluto.

2. Por outro lado, o equilíbrio de poderes geopolítico está a mudar. A próxima década deverá ser a da afirmação definitiva da China enquanto maior potência económica.

E, sobretudo, a afirmação da supremacia tecnológica chinesa – sobretudo no que concerne ao 5G, energias renováveis e mobilidade elétrica.

Apesar de ter o maior exército regular do mundo (cerca do dobro dos efetivos dos EUA), o poderio tecnológico ainda não lhe dá domínio absoluto… resta saber por quanto tempo.

Estas duas grandes tendências serão determinantes para a forma como o Mundo vai lidar com fatores que herdámos dos últimos tempos.

A financeirização da economia – com a consequente criação de dinheiro artificial e crescentes desigualdades – leva à incerteza de toda uma geração quanto ao seu emprego.

E, sobretudo, o aquecimento global, o grande desafio que a Humanidade enfrenta.

Os novos equilíbrios que surgirão nesta década vão ajudar a dar resposta a estes problemas fundamentais.

*Texto escrito segundo as regras do Acordo Ortográfico de 1990

EVENTOS