José Amado da Silva, professor universitário

José Amado da Silva, professor universitário

“Coisas míudas” fazem pensar...

Afinal, a diferença entre “prémio” e “incentivo” que também merece uma forte reflexão na aplicação dos dinheiros públicos. Coisas miúdas, mas que fazem pensar.

14 jan 2016

Vítor Hugo Ferreira, director-geral da Startup Leiria

Vítor Hugo Ferreira, director-geral da Startup Leiria

Grande embuste

O mercado dos derivados é, em muitos casos, uma construção positiva que permite aumentar o nível liquidez, arbitrar riscos, suavizar flutuações, etc.

14 jan 2016

Vítor Hugo Ferreira, director-geral da Startup Leiria

Vítor Hugo Ferreira, director-geral da Startup Leiria

2016 em “revista”

7 jan 2016

A queda do tabu

O FMI veio fazer um técnico mea culpa sobre a sua actuação no resgate financeiro a vários países, nomeadamente Portugal.

7 jan 2016

Leonel Pontes

Leonel Pontes

Destruição criadora

7 jan 2016

Homenagem nacional a António Coimbra de Matos

6 jan 2016

Educação: problemas de visão ou falta dela?

Ora não seria mais responsável avaliar o modelo de avaliação que estava em vigor e, caso se concluísse que o mesmo estava errado, alterar e introduzir um novo modelo?

7 jan 2016

Odete João, deputada do PS

Odete João, deputada do PS

Vencer os desafios

É preciso criar um tempo novo que devolva a confiança no futuro, com mais igualdade, crescimento económico e melhor emprego.

7 jan 2016

Saul António Gomes

Saul António Gomes

Museus & História

Os museus da nossa região têm de saber ser espaços de conservação e de valorização do património dos povos.

7 jan 2016

Da Economia à Linguagem

A escrita permitiu que as sociedades transmitissem informações e compartilhassem conhecimentos.

17 dez 2015

O Processo Inadequado de Internacionalização

17 dez 2015

João Nazário

João Nazário

As fardas nada valem sem as pessoas - Editorial

As polícias lidam com situações limite, de grande perigo, onde um pormenor é, muitas vezes, a diferença entre a vida e a morte. Já para não falar nas muitas solicitações que hão-de ter para fechar os olhos aqui e acolá a troco de alguns euros.

17 dez 2015

Alexandre Pereira Martins

Alexandre Pereira Martins

Ver-se grego

Como seria ótimo se o projeto europeu falhasse estrondosamente, pelo menos para alguns poderem dizer que, já há anos, avisavam que a moeda única seria um fracasso. Só que o Euro não foi uma experimenta de laboratório para ver se funcionava ou não.

17 dez 2015

“Pequenas” coisas

Um Estado de Direito Humanista como o nosso não pode deixar de preocupar-se com os problemas do quotidiano dos cidadãos, sob pena de ser negar a sua própria essência.

17 dez 2015

Francisco J. Mafra, economista

Francisco J. Mafra, economista

Quem não deve não teme

Passos & Portas, tal como muitos dos seus peões de brega, foram inqualificáveis aquando da apresentação do actual governo na AR. Ao tratarem o PM A. Costa por “primeiro ministro vírgula não eleito” ou de expressões ainda mais malcriadas...

17 dez 2015

Carlos Martins

Carlos Martins

40 anos de acne juvenil

Por amor. Por amor faz-se tudo, até deixar que nos mandem ser outros. O optimismo de deixar uma herança em forma de filho salvador há-de ser, presumo, uma boa alavanca. Mas não sei.

11 dez 2015

Luís Malhó

Luís Malhó

O Futuro da Europa

A livre circulação de cidadãos está ameaçada por atentados terroristas que colocam em causa a nossa segurança e que tornarão o continente mais securitário. O tratado de Schegen deverá de ter os dias contados.

11 dez 2015

João Carvalho Santos, professor e investigador

João Carvalho Santos, professor e investigador

Arábia Saudita sinónimo de Estado Islâmico

A Al Qaeda não existia nem existe. O que há são um conjunto de organizações terroristas em diferentes países que o Ocidente passou a chamar de Al Qaeda para ser mais fácil dizer ao povo quem são os ‘maus’.

11 dez 2015

O que mantém as organizações vivas?

No passado a questão “organizações” tinha em vista a ética, ou seja todos deveriam ganhar. Aliás a coisa até era vista por um prisma muito mais lato. “A confiança” deveria ser comum de dois.

11 dez 2015

Teorias rurais

Não é de agora que sofro com o bullying que me vem sendo aplicado pelo lobby suíno, e sei que dificilmente alguém me proverá o crédito requerido de 2200 euros para gaiolas e alimentação. Facilmente se conclui que nestas paragens sem porcos não há startups

11 dez 2015