Viver

Ministra da Cultura afirma que "Leiria tem vindo a fazer um trabalho extraordinário nesta área da criatividade"

21 jun 2020 22:54

A Casa da Cidade Criativa da Música em Leiria foi inaugurada hoje no centro cívico

ministra-da-cultura-afirma-que-leiria-tem-vindo-a-fazer-um-trabalho-extraordinario-nesta-area-da-criatividade
Graça Fonseca marcou presença na inauguração da Casa da Cidade Criativa da Música em Leiria
Ricardo Graça

Foi hoje inaugurada a Casa da Cidade Criativa da Música em Leiria, um espaço onde vai ser possível apresentar e potenciar projectos culturais, ter acesso a programas e residências artísticas no âmbito da Rede das Cidades Criativas da UNESCO, bem como encontrar parcerias e consultar documentação.

“A música é apenas um dos aspectos da criatividade ou da estratégia de uma cidade criativa, como Leiria se afirma. É uma dimensão muito importante, mas que entronca com muitas outras áreas da criatividade. As cidades e os países que colocam a criatividade no centro da sua estratégia de desenvolvimento social, económico e de coesão territorial são sempre casos de sucesso”, sublinhou a ministra da Cultura, Graça Fonseca.

A UNESCO designou Leiria como Cidade Criativa na área da Música em Outubro. “As redes internacionais, neste caso da UNESCO, são algo fundamental para a cultura, para os artistas e para o território. Portugal é um país com imenso talento, com artistas com muito talento, mas precisamos de projetar para além das nossas fronteiras”, reforçou a ministra.

Considerando que Portugal é um país com uma “dimensão média”, a governante entende que é preciso “colocar o talento naquilo que são as redes globais de talento e de criatividade” e a UNESCO é “uma óptima plataforma para o fazer”.

"Comecei hoje aqui a visitar o projecto Serra, um projecto que todo ele é um hub criativo, que consegue congregar a música, com as artes e com o audiovisual. É um exemplo extraordinário de como a criatividade e as suas diferentes áreas podem ser um projecto muito importante do ponto de vista de desenvolvimento territorial e, naquele caso, para dar aos artistas um lugar, um papel e apoiá-los na sua projecção nacional e internacional", adiantou a ministra.

Segundo Graça Fonseca, "Leiria tem vindo a fazer um trabalho extraordinário nesta área da criatividade e a conseguir atrair e a reter talento".

"Esse trabalho foi um pouco o resultado de Leiria ser uma das cidades da rede UNESCO da música."

O Presidente da República não marcou presença, mas enviou um vídeo, onde considerou que “este é um momento grande para Leiria, porque arranca Leiria como uma cidade criativa da música no Dia Internacional da Música”.

“Não podia ser mais feliz a coincidência”, sublinhou Marcelo Rebelo de Sousa.

Porquê? “Porque Leiria é um exemplo de criatividade invetiva e imaginação, de espírito, de corpo, de participação cívica, de interacção entre comunidades locais, sociedade civil e agentes culturais.”

“Porquê um acontecimento feliz? Porque ainda com este distanciamento tenhamos aqui um impulso novo. Um incentivo, um estímulo adicional a fazer-se muito mais e a fazer-se ainda melhor. Aquilo que arranca hoje, arranca para perdurar no tempo, herda um passado cultural, herda uma tradição musical, mas visa, sobretudo, o futuro, as novas gerações. Por isso, tem o apoio entusiástico do Presidente da República Portuguesa”, rematou.

O presidente do Município de Leiria, Gonçalo Lopes, afirmou que a Casa da Cidade Criativa da Música “é também uma casa que abre portas à ambição” de Leiria ser Capital Europeia da Cultura em 2027.

O espaço, explicou, “junta as 11 bandas filarmónicas do concelho, os 13 coros, os 21 ranchos folclóricos, e ainda a multiplicidade de projectos inovadores que oferecem novas dimensões à música, seja no âmbito da educação, da saúde, do impacto social ou da arte pela arte”.

Assine Já Login

Sabia que pode ser assinante do JORNAL DE LEIRIA por 5 cêntimos por dia?
Não perca a oportunidade de ter nas suas mãos e sem restrições o retrato diário do que se passa em Leiria. Junte-se a nós e dê o seu apoio ao jornalismo de referência do Jornal de Leiria. Torne-se nosso assinante.