Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Ronda - Leiria no planisfério da poesia

Leiria mostrou que há muito mais do que palavras no vazio, uma voz universal de sublimação do medo, compêndio de virtudes e desmesuras inaudíveis, mas que tocam o âmago de quem ousou reverberar com esse silêncio iluminado de versos.

1 abr 2021

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Perto da vista, bem dentro do coração

Por isso é tão actual o aforismo de Albert Einstein: “A realidade é apenas uma ilusão, ainda que muito persistente”.

26 fev 2021

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Núcleo da claridade

Evoco o título de um livro da autoria de Duarte Belo, filho do poeta Ruy Belo, sobre a vida e carácter fragmentário do que persiste para além da construção de um desígnio

19 nov 2020

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Um Atlas no coração

A deambulação que fazes sobre cada detalhe do mundo é uma exalação harmónica que se evola de um instrumento musical e te entoa as mais belas virtudes do universo.

17 out 2020

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Âmago

Quando o encontro entre uma pessoa e uma obra de Arte acontece – e para que se verifique não basta estarem no mesmo lugar físico ou temporal – o horizonte de possibilidades do indivíduo expande-se, e aí ocorre uma dimensão da existência que até então era desconhecida.

11 set 2020

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Reavivar o espanto

Todos nós herdámos e fomos incorporando no nosso reportório de experiências estórias que assumiram um papel fundamental na definição do nosso papel enquanto indivíduos, transmitidas por familiares, vizinhos e amigos.

3 jul 2020

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

O distanciómetro

Agora, um distanciómetro era coisa que ainda ninguém se tinha lembrado de inventar.

29 mai 2020

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Vislumbrar o retorno

Poder-se-á defender a vigilância biométrica como uma medida temporária, implementada durante um estado de emergência?

25 abr 2020

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Imunizar consciências

As fontes credíveis, que contestem e rejeitem a informação infundada e alarmista, são o alicerce da imunidade.

22 mar 2020

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Degustar a lentidão

E é também urgente assumir a premissa de que a vida não é bastante para que se progrida aleatoriamente para a ausência de interioridade.

15 fev 2020

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

“Eu partilho, logo (penso que) existo”

Verifica-se uma mudança no estado mental do indivíduo, toldado na capacidade para a autoreflexão e para o sentido de gregariedade, tudo isso num isolamento absoluto.

5 dez 2019

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Mas que história é esta?

De genuína sobrevivência com recurso às convicções e caprichos, suprindo apenas as necessidades elementares para não ter de sair da rotina. O seu cérebro instintivo seria utilitário por si só, sem obrigação de auscultar o que os demais lhe sugerissem, mesmo que mais experientes no voo.

31 out 2019

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Devoção

O corpo fica ávido de repousos. A alma incita ao mergulho na transparência dos horizontes. E o ritmo do estio abranda as ideias e os seus planos.

18 jul 2019

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

O óbvio é mais que óbvio

Sabemos o quanto a felicidade é uma dimensão dilatada e abstracta, mas indiscutivelmente essencial para o desenvolvimento pessoal de cada indivíduo.

9 mai 2019

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Paulo José Costa, psicólogo clínico

Breve ensaio sobre o imerecimento

Mesmo que imersos na mais profunda dor e tristeza, há sempre um rogar que se perde e se renova, um reacender das vontades e da ilusão.

5 abr 2019