Fernando Ribeiro, músico

Fernando Ribeiro, músico

Índios e cowboys

O falecido Umberto Eco escreveu no seu livro de crónicas sobre as suas viagens nos EUA, que este era o único povo capaz de inventar a história filmada da Branca de Neve e a do Tubarão e prestar culto a ambos de forma maciça, ou mainstream se preferirem.

2 jun 2017

Álvaro Romão

Álvaro Romão

O Marachão

Era uma borrão amarelo. Fluorescente.

1 jun 2017

Márcio Lopes, docente do Politécnico de Leiria

Márcio Lopes, docente do Politécnico de Leiria

Câmara Municipal de Leiria e Competitividade Territorial

Já há muito que os territórios deixaram de ser uma realidade puramente local.

6 jun 2017

Leonel Pontes

Leonel Pontes

A Oeste, nada

Nem sempre temos as memórias prontas a responder em tempo às solicitações. Nesta crónica a coisa foi (é) mais ou menos assim.

5 jun 2017

Francisco Mafra

Francisco Mafra

Os três Efes

Num só fim-de-semana aconteceram três coisas importantes que valerá a pena referir, pelo menos devido à sua coincidência: o centenário de Fátima e a vinda do Papa, o “tetra” do Benfica e o festival da Eurovisão que, supostamente, “nós” ganhámos.

4 jun 2017

Margarida Balseiro Lopes, jurista

Margarida Balseiro Lopes, jurista

Em casa de ferreiro...

Temos ouvido, vezes sem conta, os partidos de esquerda apregoarem a defesa da luta contra a precariedade.

3 jun 2017

A morte como direito

A primeira vez que fui confrontada com a questão da eutanásia ocorreu há já cerca de 40 anos, durante a leitura de “Os Thibault”, de Roger Martin du Gard.

2 jun 2017

Memória em ruínas

Faz hoje precisamente 50 anos que o complexo de piscinas de S. Pedro de Moel foi inaugurado.

1 jun 2017

Carlos Martins

Carlos Martins

calhei-te

espelho-te muitas vezes, nunca por querer;

31 mai 2017

Nuno Reis, professor e investigador

Nuno Reis, professor e investigador

Quem virá depois?

No final do século XX, a Venezuela viveu um período de políticas económicas falhadas e corrupção generalizada que geraram pobreza, criminalidade, agitação social e instabilidade política.

29 mai 2017

Rui Rocha, economista

Rui Rocha, economista

Portugal em Festa

Por estas últimas semanas, fomos ficando com a ideia de que quase vivemos no Pais das Maravilhas, tão boas noticias fomos observando.

29 mai 2017

Luís Mourão, dramaturgo

Luís Mourão, dramaturgo

Corre, corre

É um grande mistério a forma como encadeamos referencias e ideias umas nas outras e assim descobrimos coisas novas, só porque as olhamos de outro modo.

28 mai 2017

Paulo Henrique

Paulo Henrique

Do momento em que me posiciono

Do momento em que me posiciono torna-se claro e evidente que uma escolha é feita.

27 mai 2017

O traço de união!

Um documentário sobre a pintora Paula Rego, a residir em Londres e feito pelo próprio filho, passou durante dias na versão portuguesa, em discreto cinema de Lisboa.

26 mai 2017

João Nazário

João Nazário

O interior no litoral

Como está na moda dizer-se, o melhor será olhar para a frente e fazer das dificuldades oportunidades.

25 mai 2017

Mesa de Cabeceira: Carlos Matos*

Mesa de Cabeceira: Carlos Matos*

Londres, Paris, Berlim, Leiria

Nos últimos anos tem sido cada vez com maior frequência que vemos Leiria nos mesmos itinerários das cidades de maior vanguarda da Europa, sobretudo quando algumas bandas e artistas internacionais anunciam as suas respectivas digressões.

24 mai 2017

Manuel Gomes, economista

Manuel Gomes, economista

A questão da demografia

Quando era caloiro em “Económicas”, no longínquo ano lectivo de 1969/70, havia uma cadeira chamada Geografia Económica Portuguesa cujo conteúdo já não me lembro bem, mas recordo que também tratava temas relacionados com demografia.

23 mai 2017

Amélia do Vale

Amélia do Vale

O feio

O animal que há em mim acordou no sábado passado algo aborrecido!

22 mai 2017

Francisco Freire, investigador

Francisco Freire, investigador

Teorias rurais

O Tempo das Cerejas, um dos mais famosos hinos da comuna de Paris (final do século XIX, para os mais desatentos), foi recriado no passado fim de semana na bonita aldeia de Pêro Viseu, na Cova da Beira-sul.

21 mai 2017

Fernando Gonçalves, INTERVIR JÁ – Movimento Cívico

Fernando Gonçalves, INTERVIR JÁ – Movimento Cívico

Na ressaca dos três F

Nos tempos idos da ditadura de Salazar identificavam-se Fátima, o Futebol e o Fado como elementos primordiais da distração (alienação para alguns intelectuais) do povo em relação à governação.

20 mai 2017